Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Notícias 2017 > Ibama apreende 11,6 toneladas de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai
Início do conteúdo da página

Ibama apreende 11,6 toneladas de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai

Última atualização em Segunda, 17 de Abril de 2017, 10h13
Apreensão de agrotóxicos no Mato Grosso do Sul
Foto: Ibama
Foto: Ibama

Brasília (30/01/2017) – Operação realizada pelo Ibama com a Receita Federal, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal em dezembro e janeiro no Mato Grosso do Sul resultou na apreensão de 11,6 toneladas de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai. Foram aplicadas multas que totalizam R$ 4 milhões pelo transporte ilegal de produtos sem registro no Brasil.

Os agrotóxicos ilegais são inseticidas e herbicidas sem classificação do nível toxicológico e do grau de periculosidade ambiental. Seriam utilizados em lavouras de soja e algodão nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

A importação de agrotóxicos é regulamentada pela Lei nº 7.802 de 11/07/1989 e pelo Decreto Federal nº 4.074/2002. Os registros precisam ser feitos no Ibama, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A extensa fronteira seca com o Paraguai de quase 800 km no estado de Mato Grasso do Sul facilita a entrada de agrotóxicos contrabandeados e falsificados, que causam graves danos à saúde pública, ao meio ambiente e à cadeia de produção e comercialização de agrotóxicos no país.

O Ibama tem intensificado as ações de fiscalização em toda a região de fronteira com o objetivo de combater o contrabando, a produção e o uso ilegal de agrotóxicos, aplicando as sanções previstas no Decreto Federal nº 6.514/2008 e na Lei de Crimes Ambientais (nº 9.605/1998).

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
(61) 3316-1015

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página