Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Notícias 2016 > Ibama multa empresas que produzem e comercializam agrotóxicos por sonegação de dados
Início do conteúdo da página

Ibama multa empresas que produzem e comercializam agrotóxicos por sonegação de dados

Publicado: Terça, 13 de Dezembro de 2016, 16h45 | Última atualização em Terça, 25 de Abril de 2017, 16h29
Brasília (13/12/2016) - O Ibama autuou 69 empresas que deixaram de entregar relatórios semestrais obrigatórios com dados referentes às quantidades de agrotóxicos importadas, exportadas, produzidas e comercializadas, conforme determina a legislação federal. Foram lavrados 134 autos de infração para o total de 180 relatórios não entregues. O valor total das autuações aplicadas às 69 empresas foi de R$ 207.200,00.
 
De acordo com o Decreto n.º 4.074/02, que regulamenta a Lei n.º 7.802/89, as empresas importadoras, exportadoras, produtoras e/ou formuladoras de agrotóxicos devem fornecer aos órgãos federais e estaduais competentes, até 31 de janeiro e 31 de julho de cada ano, dados referentes às quantidades importadas, exportadas, produzidas e comercializadas semestralmente. O Ibama, representando o Ministério do Meio Ambiente, é um dos órgãos que devem receber esses relatórios.
 
Operação semelhante havia sido realizada em 2012. Na ocasião, 61 empresas foram autuadas por deixar de entregar 248 relatórios. Verificou-se que 17 empresas foram reincidentes, ou seja, deixaram de apresentar relatórios de comercialização tanto em 2012 como em 2016.
 
Veja abaixo a relação das 17 empresas e a quantidade de relatórios não entregues por empresa em cada ano.

 
 
 
 
Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 3316-1015
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página