Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas > Ibama apreende animais silvestres em endereços que recebiam remessas postais com cargas vivas no ES
Início do conteúdo da página

Ibama apreende animais silvestres em endereços que recebiam remessas postais com cargas vivas no ES

Publicado: Quinta, 13 de Fevereiro de 2020, 20h46 | Última atualização em Quinta, 13 de Fevereiro de 2020, 20h46
imagem sem descrição.

Brasília (13/02/2020) – O Ibama e a Polícia Federal (PF) cumpriram nesta quinta-feira (13/02) dois mandados de busca e apreensão de animais silvestres em Serra, região metropolitana de Vitória (ES). Até o momento foram recolhidas duas jiboias, dois coleiros e uma jandaia-de-testa-vermelha.

Os animais, procedentes de criadouros não autorizados ou sem licença do órgão ambiental competente, eram mantidos em condições inadequadas.

A Operação Thera, foi organizada após a Coordenação de Segurança dos Correios identificar uma encomenda postal com mais de vinte variedades de filhotes vivos de tarântulas guardados em ampolas, empilhadas em caixas de isopor. Além de caracterizar maus-tratos, o transporte de carga viva de forma não autorizada pela legislação pode causar a morte dos animais.

A partir de expertise técnico do Ibama, as ações de busca e apreensão nos endereços dos destinatários foram detalhadamente planejadas. Durante a operação foi identificada atividade de criação ilegal de animais silvestres, o que resultou na lavratura de dois termos circunstanciados pela PF e dois autos de infração pelo Ibama.

A investigação terá continuidade com o objetivo de identificar outros envolvidos em atividades ilegais de criação, transporte e remessa de animais silvestres por serviços postais.

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
061 3316 1015

 

 

 

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página