Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas > Ibama apreende maquinário pesado em área que deveria estar isolada para recuperação ambiental em MS
Início do conteúdo da página

Ibama apreende maquinário pesado em área que deveria estar isolada para recuperação ambiental em MS

Publicado: Terça, 11 de Fevereiro de 2020, 11h47 | Última atualização em Terça, 11 de Fevereiro de 2020, 11h47
imagem sem descrição.

Brasília (11/02/2020) – O Ibama, com o apoio do Exército, da Prefeitura de Corumbá e do Batalhão de Bombeiros, apreendeu na última sexta-feira (07/02) cinco caminhões, uma retroescavadeira e um trator usados parar retirar e transportar solo de área que deveria estar em processo de recuperação no sudoeste de Mato Grosso do Sul. A empresa responsável pelo maquinário foi autuada em aproximadamente R$ 40 mil por descumprir embargo e dificultar a regeneração natural da vegetação.

A operação foi organizada após o recebimento de informações sobre a execução de obras na área. Agentes do Ibama foram até o local e confirmaram a retirada de terra e cascalho. A empresa responsável pela atividade já havia sido autuada em 2018 por desmatar 21 hectares de vegetação nativa sem autorização da autoridade ambiental e, em 2019, por descumprimento de embargo aplicado no ano anterior e ampliação da área desmatada para criação de gado.

O Ibama e o Ministério Público Federal (MPF) são partes em processo judicial contra a empresa, acusada de construir, instalar e fazer funcionar atividades potencialmente poluidoras sem licença ambiental em área da União.

A superintendência do Ibama em Mato Grosso do Sul buscou, via articulação interinstitucional, o apoio necessário para interromper o dano ambiental e forçar o cumprimento das medidas administrativas aplicadas ao caso. O Exército ofereceu apoio logístico para a condução dos caminhões até o Pátio do Batalhão do Corpo de Bombeiros, onde permanecem depositados. O trator e a retroescavadeira foram alojados no pátio da Prefeitura por funcionários municipais.

De acordo com a chefe da Divisão Técnico-Ambiental do Ibama em Mato Grosso do Sul, Joanice Battilani, cinco autos de infração já haviam sido aplicados sem que a empresa demonstrasse intenção de cumprir o embargo. Mais que impedir a continuidade das atividades ilegais, a apreensão do maquinário tem como objetivo permitir a recuperação da área.

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
061 3316 1015

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página