Serviços

Facilidades

Ibama flagra pesca ilegal no litoral de São Paulo PDF Imprimir E-mail

São Paulo (08/03/2016) – Três embarcações foram apreendidas e multadas pelo Ibama por capturar isca viva para pesca industrial em local proibido, na região do Parque Estadual de Ilhabela (SP). Os fiscais devolveram ao mar cerca de 300 kg de sardinha e também apreenderam as redes, além de 20,9 toneladas de bonito-listrado. Os donos do barco Skipper II, que é do Rio de Janeiro, foram autuados em R$ 11 mil. Já os proprietários das embarcações de Santa Catarina, Alalunga II e Ferreira XXV, receberam multa no valor de R$ 348 mil e R$ 296 mil respectivamente.

 

Resultado de uma parceria do Ibama com a Fundação Florestal de São Paulo, a operação teve início quando o Sistema de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite (PREPS) detectou a chegada dos barcos em local de pesca proibida.

O primeiro auto de infração foi aplicado à Skipper II no momento da pesca. A Alalunga II e a Ferreira XXV se dirigiram ao litoral do Rio Grande do Sul e foram abordadas durante o desembarque em Itajaí (SC). A fiscalização do Ibama constatou que cada um dos barcos usou 600 kg de sardinha para captura de outras espécies.

Com a pressão da pesca, a sardinha vem sofrendo nas últimas décadas grande redução de estoque. Além do consumo humano, a espécie é utilizada como isca viva para a pesca industrial de atum. Nos casos em que a captura ocorre em local proibido, as embarcações e os peixes obtidos com as iscas serão apreendidos e os proprietários multados.

O Parque Estadual de Ilhabela é de responsabilidade da Fundação Florestal de São Paulo. Com 27.025 hectares, a unidade de conservação abriga doze ilhas, três ilhotes, três lajes e um parcel. A Mata Atlântica, a restinga e os manguezais servem de refúgio para centenas de mamíferos, répteis e aves. Muitas das espécies são endêmicas, como o rato cururuá. Outras estão ameaçadas de extinção, como a tartaruga-de-pente.

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
(61)3316-1015
Fotos: Unidade Avançada do Ibama em Caraguatatuba