Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Informes > Agente que sobreviveu a desastre aéreo em Roraima apresenta melhora clínica
Início do conteúdo da página

Agente que sobreviveu a desastre aéreo em Roraima apresenta melhora clínica

Publicado: Quarta, 12 de Julho de 2017, 21h01 | Última atualização em Quinta, 13 de Julho de 2017, 10h13

Brasília (12/07/2017) – O agente ambiental federal Lazlo Macedo de Carvalho, de 44 anos, único sobrevivente do acidente aéreo que resultou na morte do piloto e de três servidores do Ibama no último dia 03/07, já consegue se comunicar por gestos e não tem mais necessidade de sedação no período diurno. Com queimaduras em 39% do corpo, o servidor permanece internado em estado grave no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG), na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Boletim médico divulgado nesta terça-feira (11/07) aponta “melhora clínica evolutiva”. A função renal evolui sem necessidade de diálise. A equipe médica já havia descartado possibilidade de fratura da face ou da coluna cervical e torácica após a realização de tomografia computadorizada. Nesta terça-feira (11/07), a presidente do Ibama, Suely Araújo, visitou o servidor no hospital.

Um dia após o desastre, o agente foi transferido em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) equipado com UTI móvel do Hospital Geral de Roraima para o HFAG, centro de referência no tratamento de queimados.

Mais Informações:

Ibama em luto: queda de aeronave fretada pelo Exército mata servidores em Roraima
• Nota de Pesar

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 3316-1015

registrado em:
Fim do conteúdo da página