Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Notícias 2017 > Ibama apreende 7 toneladas de peixes ameaçados de extinção em Porto Belo/SC
Início do conteúdo da página

Ibama apreende 7 toneladas de peixes ameaçados de extinção em Porto Belo/SC

Publicado: Quarta, 15 de Março de 2017, 18h01 | Última atualização em Terça, 25 de Abril de 2017, 15h31
Fiscais do Ibama abordam embarcação em cais pesqueiro na cidade de Porto Belo/SC
Foto: Ibama
Foto: Ibama

Brasília (15/03/2017) - O Ibama apreendeu nesta terça-feira (14/03) no município de Porto Belo, em Santa Catarina, 7 toneladas de peixes ameaçados de extinção, principalmente cherne-poveiro (Polyprion americanus) e peixe-batata (Lopholatilus villarii). A embarcação responsável pela pesca ilegal foi abordada durante a madrugada, quando atracou no cais. A carga será conservada em um caminhão frigorífico até ser doada ao Programa Mesa Brasil, do Serviço Social do Comércio (Sesc), que distribui alimento a entidades cadastradas. O proprietário do barco foi multado em R$ 5,51 milhões pela captura de 1.103 peixes.

A Portaria MMA 445/2014, que proíbe a captura de espécies ameaçadas de extinção, voltou a vigorar em 27 de janeiro por decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região.

"O Ibama tem realizado ações de inteligência para identificar infratores. Esta é a terceira apreensão de espécies ameaçadas de extinção na região desde que a portaria voltou a vigorar”, disse o chefe da unidade avançada do Ibama em Itajaí (SC), Sandro Klippel.

Na semana passada, o Ibama já havia apreendido 23 toneladas em uma embarcação que realizava pesca em área não autorizada no litoral de Itajaí. No mês anterior, agentes ambientais já haviam feito a apreensão de 22 toneladas no mesmo município. Em 2016, 111 toneladas de pescado recolhidas pelo Ibama em Itajaí foram repassadas ao Mesa Brasil. O Instituto negocia um Acordo de Cooperação Técnica com o Sesc para estender a parceria a todo o território nacional.

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 3316-1015

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página