Serviços

Facilidades

Ibama realiza seminário sobre proliferação de Javalis no Brasil

Brasília (25/08/2016) - Nos próximos dias 30 e 31 de agosto, o Ibama, o Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promovem o Seminário de Nivelamento de Informações e Conhecimentos sobre a Invasão de Javalis no Território Nacional. O evento acontecerá no auditório do ICMBio, em Brasília. O objetivo é nivelar as diversas entidades que atuam com o tema e reunir as informações disponíveis para a elaboração do Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali (Sus scrofa) em Estado Asselvajado no Brasil.

Leia mais...
 
Ibama realiza reunião pública para discutir o licenciamento do Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso

Brasília (23/08/2016) - O Ibama realizará reunião pública no dia 01/09, em Paulo Afonso, na Bahia, para apresentar e discutir o processo de licenciamento do Complexo de Paulo Afonso, conjunto de usinas hidrelétricas da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), localizado nos municípios de Paulo Afonso (BA), Glória (BA), Delmiro Gouveia (AL) e Jatobá (PE). O objetivo é debater com a população as medidas de mitigação e compensação adotadas pela Chesf no processo de licenciamento ambiental do empreendimento e ouvir sugestões para a definição de novas diretrizes a serem estabelecidas para a emissão da licença de Operação (LO).

Participarão das reuniões públicas técnicos dos Núcleos de Licenciamento Ambiental do Ibama de Recife (PE), Aracaju (SE) e Maceió (AL), e da Coordenação de Energia Hidrelétrica, de Brasília.

Leia mais...
 
Ibama autoriza instalação de um dos maiores complexos eólicos do Brasil

Brasília (22/08/2016) - O Ibama emitiu em 15 de julho deste ano a Licença de Instalação (LI) para o Parque Eólico Coxilha Negra, da Eletrosul, um dos maiores a ser instalado no Brasil, com potência total de 482 MW. O empreendimento está localizado em Sant'ana do Livramento (RS), na fronteira do Brasil com o Uruguai, e ocupa uma área de 12.641 hectares, com 241 aerogeradores de 2 MW cada.

A definição da planta do empreendimento leva em conta uma série de variáveis socioambientais, a partir das quais são definidas restrições absolutas ou parciais para a instalação de aerogeradores, acessos ou estruturas auxiliares em determinadas áreas. Nos trechos sem restrição, os projetistas  têm liberdade para posicionar as máquinas de modo a minimizar custos e melhorar a eficiência.

Leia mais...
 

Últimas Notícias