Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cites e Comércio Exterior > Sobre a Cites > Notas > Manejo e controle do javali
Início do conteúdo da página

Manejo e controle do javali

Última atualização em Terça, 07 de Mai de 2019, 16h33

 

  1. Sobre o manejo e o controle do javali
  2. Consulta Pública
  3. Passo-a-passo para fazer o controle do javali
  4. Relatórios
  5. Downloads 
  6. Legislação
  7. Links úteis
  8. Contato

 

 


1. Sobre o manejo e o controle do javali

 

O javali (Sus scrofa) é uma espécie nativa da Europa, Ásia e norte da África. Foi introduzida no Brasil a partir da década de 1960, principalmente para o consumo de carne na região sul do país. O animal é classificado como uma das cem piores espécies exóticas invasoras do mundo pela União Internacional de Conservação da Natureza. Sua agressividade e facilidade de adaptação são características que, associadas à reprodução descontrolada e à ausência de predadores naturais, resultam em uma série de impactos ambientais e socioeconômicos, principalmente para pequenos agricultores.

Em razão do aumento de sua distribuição pelo território nacional e da crescente ameaça ao ecossistema, o controle da espécie foi autorizado pelo Ibama em 2013, de acordo com regras estabelecidas pela Instrução Normativa N° 03/2013 e suas alterações. Espécies exóticas invasoras são consideradas a segunda maior causa de perda da biodiversidade em escala global e representam um desafio para a conservação dos recursos naturais. Há registros da presença de javalis em quinze unidades da federação: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Roraima, Tocantins, Maranhão, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

 

Mais informações

 

Voltar para o topo


2. Consulta Pública

 

A Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Floresta (DBFlo) do Ibama realizou Consulta Pública de 07 a 21 de outubro de 2016 com o objetivo de receber contribuições da sociedade civil para a elaboração do Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali (Sus scrofa) em estado asselvajado.

O Plano Nacional é desenvolvido pelo Ibama em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

Voltar para o topo


3. Passo-a-passo para fazer o controle do javali

  1. Fazer a inscrição no Cadastro Técnico Federal 
  2. Emitir o Certificado de Regularidade no Cadastro Técnico Federal
  3. Solicitação de autorização de manejo na plataforma do Simaf
  4. Caso utilize armas de fogo para o abate as mesma deverão ser registradas no Exército
  5. Entregar os relatórios das ações de manejo de controle de javalis na plataforma do Simaf

 

Mais informações

 

Voltar para o topo


4. Relatórios

 

4.1. Apresentação de relatórios

O relatório deve ser entregue na plataforma do Simaf, ao fim da validade da autorização de manejo, com intervalo máximo de 3 meses (prazo máximo de validade das autorizações para o manejo de javalis).

 

ACESSE O SIMAF

 

Mais informações

 

4.2. Relatórios de gestão

Relatórios de gestão com base nos dados apresentados pelos controladores nos relatórios de manejo:

 

Voltar para o topo


5. Downloads

Plano Javali

 

Voltar para o topo


6. Legislação

 

Voltar para o topo


7. Links úteis

Sistema de Monitoramento de Fauna (Simaf)

Cadastro Técnico Federal

Notícias

Voltar para o topo


8. Contato

Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas (DBFlo)
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página